mercado de erp no Brasil mercado de erp no Brasil

Qual é o status atual do mercado de ERP no Brasil e o que esperar para 2019?

7 minutos para ler
Powered by Rock Convert

O mercado de ERP no Brasil deve sofrer mudanças importantes no próximo ano. A recuperação da economia nacional e o aumento da confiança com relação aos setores de consumo e investimentos trazem novas possibilidades para o setor e a perspectiva de oportunidades para os empresários.

Pensando nisso, desenvolvemos este artigo com o objetivo de apresentar um panorama do mercado de ERP no Brasil, focando principalmente nas novidades, em dados atualizados e nas tendências da área para o ano de 2019.

Com essas informações, você estará preparado para direcionar a sua gestão com foco em novos cenários e resultados. Acompanhe!

As soluções e a tecnologia de Enterprise Resource Planning

As soluções em Enterprise Resource Planning, ou simplesmente ERP, já vêm sendo utilizadas pelos empresários de diversos setores da economia. A procura por essa tecnologia está relacionada ao crescimento das empresas e à consequente dificuldade no controle e na gestão de tantas informações sobre o negócio.

Com o sistema ERP, as empresas têm condições de organizar seus setores, reduzindo ou eliminando processos burocráticos, diminuindo riscos, otimizando as tarefas e trazendo mais agilidade para o processo de tomada de decisões.

O principal objetivo dos Sistemas Integrados de Gestão Empresarial é simplificar a gestão ao máximo, trazendo mais eficiência e qualidade para o negócio. Empresas que optam por essas soluções têm mais chances de se destacar dentro dos seus mercados de atuação. 

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

As tendências de mercado segundo a pesquisa ABES

A Associação Brasileira de Empresas de Software (ABES) realizou uma pesquisa sobre o mercado brasileiro de ERP e as principais projeções. Entre os dados que mais chamam atenção, está a posição do Brasil no ranking mundial de investimentos em tecnologia da informação em 2017. O país está em 9º lugar no ranking mundial de investimentos, atrás apenas de alguns países, como os Estados Unidos, a China e a Alemanha.

Nesse contexto, os investimentos em território brasileiro no setor de tecnologia alcançaram a cifra de US$ 38 bilhões de dólares em 2017. Agora, imagine: se, em um cenário de incerteza econômica e política, as projeções já eram interessantes, como será em 2019.

De acordo com o estudo da Confederação Nacional da Indústria (CNI) de 2018, as estimativas econômicas para o próximo ano são positivas. A entidade prevê a expansão de 2,7% do Produto Interno Bruto (PIB), com o avanço de 6,5% dos investimentos e 3% do setor industrial.

Em um mercado que já vinha apresentando resultados positivos durante a crise, a tendência é que a expansão seja considerável, inclusive com a implementação e o amadurecimento de soluções já existentes.

A expansão da tecnologia de armazenamento na nuvem

Ao longo de 2018, muitas empresas passaram a utilizar o sistema de armazenamento na nuvem. Essa iniciativa aponta para uma projeção de que ocorram mais transições de sistemas ERP legados para soluções baseadas na nuvem.

Sem dúvida, essa mudança ainda é um desafio, já que está relacionada a questões de rapidez do sistema, alto custo de implementação e segurança. Entretanto, 2019 deverá ser o ano de alteração, no qual o ERP em nuvem se tornará padrão, seguindo modelos já consolidados, como o CRM.

As empresas já começam a perceber que o ERP na nuvem é uma solução mais alinhada com os desafios e as necessidades do mercado atual. Assim, acredita-se que ele é a melhor solução para empresas que desejam crescer e modernizar os processos dos seus negócios em um contexto em que cresce a competitividade e a rapidez dos processos.

O amadurecimento do Big Data

À medida que as empresas começam a reconhecer cada vez mais a importância de lidar com grandes volumes de informações e dados sobre os seus negócios, a integração de soluções de ERP com aplicações de Big Data deve ser um movimento natural.

Essa mudança também está vinculada ao fenômeno da Internet das Coisas, que já vem sendo implementada nos setores de logística das empresas para distribuição e produção de produtos. O caminho a ser seguido é aquele no qual máquinas e objetivos devem passar a enviar informações para processamento e análise via ERP, tornando a rotina industrial mais eficiente e reduzindo a ocorrência de erros humanos.

A evolução na Inteligência Artificial

As ferramentas de Inteligência Artificial oferecem uma série de vantagens para os softwares ERP, como a capacidade de automatização de processos, o aumento da eficiência, o desenvolvimento de insights e a qualificação do processo de tomada de decisão.

A Inteligência Artificial pode, por seus mecanismos, qualificar a gestão de tempo nas empresas, destacando anormalidades em informações da organização. A análise de relatórios via IA elimina a necessidade de direcionar colaboradores para a realização dessa análise.

Nesse sentido, a IA ajuda a empresa a identificar problemas antes mesmo que eles aconteçam, resultando em economia de tempo e de recursos, além de impactar diretamente na produtividade dos colaboradores.

Hoje, os drones já vêm sendo utilizados em grandes empresas para análise de estoques. E a inteligência artificial tende a agregar soluções interessantes nos processos de logística, manufatura e operações. As ferramentas de IA oferecem apoio aos colaboradores em suas funções, oferecendo inteligência e precisão na análise de informações.

Com isso tudo acontecendo, à medida que as empresas passam a adotar outras soluções de IA, a tendência é que a integração dessas soluções com as ferramentas ERP seja uma consequência natural, processo que deve se destacar no ano de 2019.

A expansão do Blockchain

A tecnologia Blockchain oferece uma medida de registro distribuído visando à descentralização como medida de segurança. Não é novidade que essa tecnologia está chamando atenção no mercado, especialmente no setor de software corporativo e ERP.

Sistemas de ERP que incorporem a tecnologia Blockchain podem permitir o acompanhamento de todos os envolvidos no processo, na jornada do produto, desde a produção na fábrica até a sua entrega ao varejista, sem a necessidade de preocupar-se com perdas de dados, roubo de informações ou alterações de registro.

A Blockchain pode oferecer toda a transparência e os dados sobre a origem de um produto, desde a sua produção até o consumidor final. Além disso, ela também oferece a possibilidade de automatização de processo por meio dos smart contracts, reforçando a relação com a criptografia.

Semelhante aos pagamentos automáticos, a tecnologia dos smart contracts deve eliminar a necessidade de as empresas enviarem faturas e efetuarem pagamentos, já que isso seria feito de forma automática.

Claro que ainda é muito cedo para enxergar todas essas soluções sendo efetivamente utilizadas no dia a dia das empresas. Entretanto, a capacidade do ERP com Blockchain é muito alta, oferecendo soluções que vão ser observadas e consideradas pelas empresas em 2019.

Como você pode ver, o mercado de ERP no Brasil deve aproveitar o movimento econômico favorável para aplicar soluções estratégicas e inovações que podem beneficiar as empresas e os gestores. Todas essas soluções tendem a trazer uma inteligência ainda mais qualificada, que permitirá aos gestores a tomada de decisões mais precisas e focadas no crescimento dos seus negócios.

Gostou deste artigo sobre o mercado de ERP no Brasil? Então, compartilhe este post nas suas redes sociais e ajude outros empresários que buscam otimização e eficiência para os seus negócios.

Posts relacionados

Deixe uma resposta